Rafael Zafalon
A poesia e a arte sublimam o caos!
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Textos
Um ser invisível

Estou indo embora
Na pele que aflora
Toda solidão.

Agora que canto
Deixado no canto
Do seu coração.

Vivendo arrastado
Banho demorado
Sentimento apertado
Pura incompreensão.

Um ser invisível
Minha carta infalível
Te deixo em vão.


A vida é um sopro!
Carcaça que corvo
Titubeia no chão.

Assim diferente
Menino indecente
Morreu sem razão.

Alegrando o sonho
Do menino risonho
Que sente falta do irmão!
Rafael Zafalon
Enviado por Rafael Zafalon em 28/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários