Rafael Zafalon
A poesia e a arte sublimam o caos!
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Contato Links
Textos
Minha vida?
Minha vida?
É um fantoche desajeitado
Que ora deslocado
Nunca soube amar!
Apenas o fantoche?
Voz que desabroche
Minha jardineira
Minhas lágrimas na floreira
Ora, o que é a vida?
São amores dilacerados
Sonhos designados
É assim
Um carrossel sem fim
(...)
Cai o pano!
Rafael Zafalon
Enviado por Rafael Zafalon em 14/03/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários